Canções de Natal - 3 de 30 - Boas Festas

Postado por Vitor Sousa , quinta-feira, 29 de novembro de 2012 01:08

A tradição das canções natalinas sempre se mostrou como um espaço frutífero para a reflexão sobre o sentido dessa tão importante data no calendário cristão. Assim, a coisa mais comum nesse universo tão específico é encontrar letras que procuram, justamente, lembrar que por trás da celebração existem inúmeras questões que não caberiam nessa humilde postagem. Mas o certo que é, via de regra, as canções mais reflexivas são aquelas de melodias mais lentas, mais introspectivas. (Aqui eu devo acrescentar que esta é a opinião de um leigo, com o mínimo conhecimento da teoria musical).

O que me chama a atenção na música de hoje é a maneira escolhida por Assis Valente para inverter essa lógica. Confesso que só consegui perceber a melancolia que essa “Boas Festas” esconde em sua letra quase ao final da adolescência. Tudo bem que eu seja meio tapado, mas você há de concordar que a melancolia é muito bem disfarçada pela melodia feliz criada por Valente. E se você ouviu dezenas de vezes aquele disco do harpista desconhecido então, nem se fala!

O certo é que, de lá pra cá, não tem nenhuma música de Natal que melhor traduza para mim a realidade do nosso país: um povo que, logo cedo, se acostuma com a verdade de que “Papai não vem” e que, ainda que a felicidade “fosse uma brincadeira de papel”, a sacola do bom velhinho não conta com esse item.

0 Response to "Canções de Natal - 3 de 30 - Boas Festas"

Postar um comentário